Loading...
Loading...

Total de visualizações de página

terça-feira, 3 de abril de 2012

Alunos do 1º ano da professora Maria e o "TOQUE"







EFEITOS FISIOLÓGICOS DO TOCAR
A pele tem uma função imunológica que vem sendo confirmado por várias pesquisas.
Descobriram que a pele, particularmente sua camada externa, a epiderme, produz uma substância que é indistingüível imunoquimicamente da timopoietina, hormônio da glândula timo, que está ativa na diferenciação de linfócitos T. Estes são responsáveis pela imunidade celular.
A estimulação tátil tem efeitos profundos sobre o organismo, tanto fisiológicos quanto comportamentais. O tocar e o não tocar produzem múltiplos efeitos.



SENTIR, ESCREVER E TOCAR: É o sentir que vence a distância espacial que nos separa dos outros e nos põe em contato com eles. Essa é a função da língua, tanto a falada quanto a escrita, ou outra forma de comunicação. As sensações têm uma qualidade tátil. Escritores “falam” para nós, “mexem” conosco com seus escritos. Daí a importância quando ouvimos uns aos outros, escutamos as sensações assim com as palavras.
O tato é uma língua em si, com um vocabulário extenso. por meio do tato, comunicamos aquilo que não pode ser pronunciado, pois o tato é a voz da sensação, já que as melhores palavras carecem do tato. Através do pensamento e da imaginação que tentamos nos fazer “sentidos” através da maneira que escolhemos para nos expressarmos. O nível e a amplitude de que são capazes nossos pensamentos e imaginação são decorrências de experiências táteis e visuais entretecidas à língua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário